55º Festival de Cartago movimenta a Tunísia

Começa nesta quinta-feira (11) na Tunísia a 55ª edição do Festival Internacional de Cartago (FIC). A programação do evento, que vai contar com música, dança e artes cênicas, se estende até o dia 20 agosto. As atividades do festival acontecerão no Teatro Romano de Cartago, localizado nas proximidades da capital Túnis. 

A abertura do festival será contemplada com uma apresentação do Ballet de São Petersburgo, que encenará o clássico   “O Lago ds Cisnes”, de Tchaikovski. “O Anfiteatro de Cartago será o primeiro teatro da África a receber o balé russo”, afirmou o diretor do festival, Mokhtar Rassaa.

Artistas do Japão, Líbano, Síria, Tunísia, Palestina, Argélia, Marrocos, Jordânia, Equador, Estados Unidos, China e França estão confirmados na programação do festival, que contará com 32 espetáculos. O show de encerramento festival ficará a cargo do cantor e compositor tunisiano Saber Rebaii.

Saber Rebaii encerra o festival.

Os preços dos ingressos variam de 20 a 80 dinares tunisianos (equivalente a US$ 6,70 e US$ 26,80 dólares, respectivamente), dependendo da atração e do local na plateia.

“O Anfiteatro de Cartago será o primeiro teatro da África a receber o balé russo”

A programação completa está disponível no site do evento (http://festivaldecarthage.tn/).

+ Construído no século II d.C. e destruído pelos vândalos no século V, o anfiteatro de Cartago é um lugar especial para a Tunísia, recebendo um grande número de turistas. As ruínas da sua antiga construção foram encontradas em escavações no século XIX. O monumento foi restaurado e hoje recebe diferentes apresentações artísticas.

Chico Carneiro, entre Amazônia e Moçambique, tudo vira filme

O cineasta brasileiro Chico Carneiro saiu do Brasil, mais precisamente da região amazônica, atravessou o oceano e foi parar em Moçambique, não apenas fazendo filmes, mas vivendo cinema.

Fórum Brasil África reunirá autoridades do governo brasileiro e de países africanos

O vice presidente brasileiro Hamilton Mourão, assim como diversas autoridades de governos africanos estarão presentes no Fórum Brasil África 2019. O fórum acontece nos dias 12 e 13 de novembro em São Paulo, e vai reunir também representantes do setor privado e da academia além de potenciais investidores. Em sua sétima edição, o tema do evento será “Segurança alimentar: caminho para o crescimento econômico”.

Brasil coopera com o Zimbábue para desenvolver cultura do algodão

O Brasil ocupa lugares de destaque tanto na produção como na exportação de algodão, atraindo diversos parceiros interessados em fortalecer o setor algodoeiro. O mais recente país a buscar o apoio do Brasil é o Zimbábue. Foi assinado um acordo entre os dois países para garantir capacitação e também a transferência de tecnologias brasileiras em algodão para o país africano.

Ipea discute oportunidade de negócios entre Brasil e África

O Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA) estará presente no Fórum Brasil África 2019 promovendo uma discussão sobre o potencial de negócios entre Brasil e os países africanos. Em um side event chamado “Desafios para o aprofundamento da cooperação entre o Brasil e os países africanos”, o instituto promoverá um debate com autoridades e representantes do setor econômico.

Rio de Janeiro terá exposição de Arte Iorubá

A Casa de Herança Oduduwa recebe a partir do mês de Agosto uma exposição de peças milenares da cultura iorubá. A mostra de arte...