Acontece pela primeira vez no Brasil o Festival Cultural Egípcio


Do dia 22 de julho a 4 de agosto irá acontecer em São Paulo o primeiro “Festival Cultural Egípcio”. 

O festival incluirá um mini museu faraônico, feira de artesanato, barracas de comida da cozinha egípcia, tatuagem de henna, nomes em árabe, aulas de caligrafia, tenda bedwin egípcia, oficinas sobre vários aspectos culturais e históricos egípcios, apresentações folclóricas, noite de cinema egípcio, noite de música egípcia e apresentações musicais ao vivo.

Simultaneamente, o escritório comercial da embaixada do Egito no Brasil está organizando pela primeiro vez a comemoração dia da Dia da Revolução (23 de julho), feriado nacional no país. O evento ocorrerá dentro do festival. 

O evento também contará com uma exibição de arte com artistas egípcios de diferentes partes do mundo. A exposição de arte é composta por 4 artistas egípcios de 4 países diferentes em 4 continentes diferentes, apresentando 100 pinturas. 

“O objetivo é reunir as pessoas através da cultura, história e civilização. Fazendo com que os brasileiros conheçam  mais sobre o Egito e sua importância e promovendo o turismo brasileiro para o país”, explica Mohamed Elkhatib, cônsul comercial do Egito no Brasil.

A programação completa do festival pode ser encontrada no site: festivalculturalegipcio.info

Chico Carneiro, entre Amazônia e Moçambique, tudo vira filme

O cineasta brasileiro Chico Carneiro saiu do Brasil, mais precisamente da região amazônica, atravessou o oceano e foi parar em Moçambique, não apenas fazendo filmes, mas vivendo cinema.

Fórum Brasil África reunirá autoridades do governo brasileiro e de países africanos

O vice presidente brasileiro Hamilton Mourão, assim como diversas autoridades de governos africanos estarão presentes no Fórum Brasil África 2019. O fórum acontece nos dias 12 e 13 de novembro em São Paulo, e vai reunir também representantes do setor privado e da academia além de potenciais investidores. Em sua sétima edição, o tema do evento será “Segurança alimentar: caminho para o crescimento econômico”.

Brasil coopera com o Zimbábue para desenvolver cultura do algodão

O Brasil ocupa lugares de destaque tanto na produção como na exportação de algodão, atraindo diversos parceiros interessados em fortalecer o setor algodoeiro. O mais recente país a buscar o apoio do Brasil é o Zimbábue. Foi assinado um acordo entre os dois países para garantir capacitação e também a transferência de tecnologias brasileiras em algodão para o país africano.

Ipea discute oportunidade de negócios entre Brasil e África

O Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA) estará presente no Fórum Brasil África 2019 promovendo uma discussão sobre o potencial de negócios entre Brasil e os países africanos. Em um side event chamado “Desafios para o aprofundamento da cooperação entre o Brasil e os países africanos”, o instituto promoverá um debate com autoridades e representantes do setor econômico.

Rio de Janeiro terá exposição de Arte Iorubá

A Casa de Herança Oduduwa recebe a partir do mês de Agosto uma exposição de peças milenares da cultura iorubá. A mostra de arte...