AGRF 2019 transforma Gana em um hub de inovação agrícola

Até que ponto o continente africano progrediu na última década? O que pode ser feito para colocar a agricultura da África em um novo patamar? As respostas para essas perguntas serão encontradas durante o Africa Green Revolution Forum 2019 (AGRF), evento que está sendo realizado esta semana em Acra, capital de Gana.

O AGRF é considerado o fórum mais importante e impactante do mundo para a agricultura africana. Nesta edição, os participantes irão discutir a digitalização como um fator essencial para a transformação agrícola. “Dado o crescimento sem precedentes e a adoção de tecnologias digitais, a África tem uma oportunidade de ultrapassar a trajetória de transformação agrícola do passado e revolucionar a vida superando o isolamento, acelerando a mudança, criando empregos do futuro e levando o sucesso à escala”, afirma Foster Boateng, diretor regional para África Ocidental da Aliança da Revolução Verde (AGRA).

O AGRF reune anualmente Chefes de Estado, Ministros, líderes empresariais, epresentantes de organizações de agricultores e jovens empreendedores. “Um grande problema é a juventude não se envolver no empreendimento agrícola. Já tentamos o suficiente, mas todos os esforços estão se mostrando inúteis, mas não perdemos a esperança, pois continuaremos pressionando pelo envolvimento deles”, diz Boateng.

Entre as personalidades de alto nível e palestrantes esperados no fórum, figuram o ministro da Alimentação e Agricultura de Gana, Owusu Afriyie Akoto; a presidente da Aliança pela Revolução Verde na África (AGRA), Agnes Kalibata; o diretor-geral assistente e representante regional para a África da FAO, Abebe Haile Gabriel; e a vice-presidente do Banco Africano de Desenvolvimento, Jennifer Blanke.

Participação Brasileira

O presidente do Instituto Brasil África (IBRAF), João Bosco Monte, estará participando do AGRF 2019. Ele será painelista da sessão intitulada “Sul-Sul – Políticas e inovações: aprendendo com a China e além”, programada para o dia 5 de setembro. 

O IBRAF é responsável pela realização do Fórum Brasil África, que este ano chega a sua 7ª edição com a temática “Segurança Alimentar: Caminho para o Crescimento Econômico” e pelo Youth Technical Training Program (YTTP), um programa de capacitação para jovens africanos no Brasil

Gana outra vez

O Fórum já foi realizado na Tanzânia (2012), Moçambique (2013), Etiópia (2014), Zâmbia (2015), Quênia (2016), Costa do Marfim (2017) e Ruanda (2018).  O primeiro AGRF foi realizado no Gana em 2010. É a primeira vez que o evento é sediado mais de uma vez em um lugar. 

Africa Food Prize

Durante a programacao do AGRF  2019, será conhecido o vencedor do Africa Food Prize.  O prêmio de US $ 100.000 é dado para uma pessoa ou organização que dse destacou na mudança da realidade da agricultura na África. 

Chico Carneiro, entre Amazônia e Moçambique, tudo vira filme

O cineasta brasileiro Chico Carneiro saiu do Brasil, mais precisamente da região amazônica, atravessou o oceano e foi parar em Moçambique, não apenas fazendo filmes, mas vivendo cinema.

Fórum Brasil África reunirá autoridades do governo brasileiro e de países africanos

O vice presidente brasileiro Hamilton Mourão, assim como diversas autoridades de governos africanos estarão presentes no Fórum Brasil África 2019. O fórum acontece nos dias 12 e 13 de novembro em São Paulo, e vai reunir também representantes do setor privado e da academia além de potenciais investidores. Em sua sétima edição, o tema do evento será “Segurança alimentar: caminho para o crescimento econômico”.

Brasil coopera com o Zimbábue para desenvolver cultura do algodão

O Brasil ocupa lugares de destaque tanto na produção como na exportação de algodão, atraindo diversos parceiros interessados em fortalecer o setor algodoeiro. O mais recente país a buscar o apoio do Brasil é o Zimbábue. Foi assinado um acordo entre os dois países para garantir capacitação e também a transferência de tecnologias brasileiras em algodão para o país africano.

Ipea discute oportunidade de negócios entre Brasil e África

O Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA) estará presente no Fórum Brasil África 2019 promovendo uma discussão sobre o potencial de negócios entre Brasil e os países africanos. Em um side event chamado “Desafios para o aprofundamento da cooperação entre o Brasil e os países africanos”, o instituto promoverá um debate com autoridades e representantes do setor econômico.

O futuro das relações entre Brasil e África é promissor, segundo Hamilton Mourão

"As relações com a África são e serão prioritárias para o Brasil e o para os brasileiros", declarou o vice-presidente do Brasil, Hamilton Mourão, durante a cerimônia de abertura do Fórum Brasil África 2019.