Akinwumi Adesina: “A agricultura é o negócio mais importante do mundo”

“A agricultura é o negócio mais importante do mundo”, disse Akinwumi Adesina, presidente do Banco Africano de Desenvolvimento (BAD) nesta terça-feira (27), quando recebeu um doutorado honorário em Abeokuta, Nigéria, sua terra natal.

“O tamanho da comida e da agricultura na África aumentará para US $ 1 trilhão em 2030. A população da África, agora em 1,2 bilhão, dobrará para 2,5 bilhões em 2050. Todos devem comer. E somente através de alimentos e agronegócios isso pode ser alcançado ”, explicou.

Adesina disse que o Banco Africano de Desenvolvimento lidera os esforços para alimentar a África e investe US $ 25 bilhões em um período de dez anos para transformar o setor agrícola do continente.

Em seu discurso, Adesina também lembrou aos alunos o importante papel que eles devem desempenhar no desenvolvimento econômico do continente.

“Estou muito feliz em ver tantos de nossos jovens envolvidos na agricultura. A partir de suas inovações no uso de drones, processamento de alimentos, embalagens, transporte e logística e marketing, eles já estão abrindo as oportunidades na agricultura ”, afirmou.

“Os jovens da África devem se tornar líderes para ajudar a alimentar o mundo”, conclui.

+ O Doutorado em Ciências foi concedido à Adesina pela Universidade Federal de Agricultura de Abeokuta, em homenagem ao seu trabalho em agricultura e segurança alimentar em todo o continente.

Chico Carneiro, entre Amazônia e Moçambique, tudo vira filme

O cineasta brasileiro Chico Carneiro saiu do Brasil, mais precisamente da região amazônica, atravessou o oceano e foi parar em Moçambique, não apenas fazendo filmes, mas vivendo cinema.

Fórum Brasil África reunirá autoridades do governo brasileiro e de países africanos

O vice presidente brasileiro Hamilton Mourão, assim como diversas autoridades de governos africanos estarão presentes no Fórum Brasil África 2019. O fórum acontece nos dias 12 e 13 de novembro em São Paulo, e vai reunir também representantes do setor privado e da academia além de potenciais investidores. Em sua sétima edição, o tema do evento será “Segurança alimentar: caminho para o crescimento econômico”.

Brasil coopera com o Zimbábue para desenvolver cultura do algodão

O Brasil ocupa lugares de destaque tanto na produção como na exportação de algodão, atraindo diversos parceiros interessados em fortalecer o setor algodoeiro. O mais recente país a buscar o apoio do Brasil é o Zimbábue. Foi assinado um acordo entre os dois países para garantir capacitação e também a transferência de tecnologias brasileiras em algodão para o país africano.

Ipea discute oportunidade de negócios entre Brasil e África

O Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA) estará presente no Fórum Brasil África 2019 promovendo uma discussão sobre o potencial de negócios entre Brasil e os países africanos. Em um side event chamado “Desafios para o aprofundamento da cooperação entre o Brasil e os países africanos”, o instituto promoverá um debate com autoridades e representantes do setor econômico.

Rio de Janeiro terá exposição de Arte Iorubá

A Casa de Herança Oduduwa recebe a partir do mês de Agosto uma exposição de peças milenares da cultura iorubá. A mostra de arte...