IBRAF facilita transferência de tecnologia cearense para o mercado africano

A Positivo BGH, joint venture de tecnologia com foco no mercado africano, se reúne com representantes da Brisanet, empresa cearense de telecom, entre os dias 26 e 27 de maio. O encontro, que está sendo promovido pelo Instituto Brasil África (IBRAF), tem intuito de aproximar e discutir possibilidades de transferências tecnológicas entre o Brasil e o continente africano.

A reunião, que acontecerá na sede da Brisanet – na cidade de Pereiro, interior do Ceará –, conta com a presença do CEO da  Positivo BGH, Miguel Stief, o fundador da Brisanet, José Roberto Nogueira, e o presidente do IBRAF, João Bosco Monte. “A transferência de tecnologia que a Brisanet pode fazer através dessa possível parceria com a Positivo BGH para um espaço tão importante como a África, onde 54 países têm economias que crescem mais que a média mundial, certamente está no alvo de grandes empresas. Entendemos que este é um momento oportuno de diálogo, que pode ser a gênese de outros negócios a surgirem mais à frente”, explica o presidente do IBRAF.

Sede da Brisanet, em Pereiro, receberá o encontro

A Positivo BGH, joint venture entre a brasileira Positivo e a argentina BGH, começou a investir no mercado africano desde 2015, ao inaugurar uma fábrica na cidade de Kigali, capital de Ruanda. No mesmo ano, a empresa começou a atuar no Quênia, ingressando no programa de alfabetização digital do país, o JKUAT. Já a Brisanet, considerada pela Agência Nacional de Telecomunicações como a melhor prestadora de serviços de telecom no Brasil, é um empresa que tem produção própria de tecnologia e equipamentos, que permite a oferta de conexão de fibra ótica a baixo custo para cidades no interior do Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba e Pernambuco.

“O Instituto Brasil África tem promovido, entre suas atividades, a aproximação de interesses brasileiros na África e africanos no Brasil. Esta visita é muito importante, porque abre para o Ceará a chance de ter mais tecnologia desenvolvida aqui no Brasil sendo levada para a África e para outras regiões”, finaliza o presidente do IBRAF.

Top 5

Fortaleza recebe primeiro data center da Angola Cables no Brasil

Após instalar dois cabos de fibra ótica em Fortaleza (o Monet, que vai até os Estados Unidos; e o SACS, que se conecta com...

Pesquisa e inovação impactam a agricultura do Brasil

São abundantes as manifestações de lideranças ao redor do mundo em reconhecimento à trajetória virtuosa da pesquisa agropecuária brasileira nos últimos quarenta anos. Graças...

Acordo preferencial eleva exportações sul-africanas ao Brasil

As exportações sul-africanas para o Brasil aumentaram de US$483 milhões em 2017 para US$ 663 milhões em 2018. As informações foram reveladas pela representante econômica...

Bienal do livro do Ceará receberá três autores africanos

Três escritores africanos estarão participando da Bienal Internacional do Livro do Ceará, que será realizada em Fortaleza entre os dias 16 a 25 de...

Fórum Brasil África 2019: Segurança Alimentar em foco

A problemática da fome tem se tornado cada vez mais recorrente, embora ela tenha estado em declínio nos últimos anos, segundo informações da Organização...