Brasil e Togo discutem a realização de um fórum econômico entre os dois países

Durante visita oficial ao Brasil, o Ministro dos Negócios Estrangeiros, da Integração Africana e dos Togoleses no Exterior, Robert Dussey, e o chanceler brasileiro, Ernesto Araújo, trataram sobre a realização de um fórum econômico entre os dois países para estreitar os laços. De acordo com o governo do Togo, o fórum deve acontecer dentro dos próximos meses em São Paulo ou Brasília. Dussey esteve no Brasil entre os dias 17 e 18 de junho.

Ernesto Araújo, recebe o ministro togolês Robert Dussey para discurtir aproximação política, econômica e social entre os dois países. Foto: Raylson Ribeiro/MRE

Ernesto Araújo explicou que é preciso que haja uma reinvenção da presença brasileira no continente africano, com uma política que seja mais focada em resultados econômicos concretos e, principalmente, com o apoio do setor privado. “Nós estamos empenhados em traduzir nossa afinidade tão profunda com a África em novas iniciativas, em novos campos de cooperação e de trabalho”, argumentou.

Além do fórum econômico, os dois ministros trataram sobre ações de combate à pirataria no Golfo da Guiné, cooperação técnica bilateral no desenvolvimento do setor algodoeiro local e implementação da Área de Livre Comércio Continental Africana, que recentemente atingiu quórum mínimo para entrar em vigor.

LEIA TAMBÉM:  Área de Livre Comércio da África (AfCFTA) entra em vigor

“Nós estamos empenhados em traduzir nossa afinidade tão profunda com a África em novas iniciativas, em novos campos de cooperação e de trabalho”

Na oportunidade, Dussey também explicou que o Togo recentemente adotou um Plano Nacional de Desenvolvimento, focado na elaboração de um hub logístico de excelência e a criação de um centro de desenvolvimento para a África Ocidental, que auxilie no desenvolvimento agrícola e industrial, além de também evoluir o país no âmbito social. O Brasil se comprometeu a apoiar o governo togolês na aplicação destas propostas.

+ O Governo do Togo também se comprometeu, de maneira formal, a apoiar a candidatura do Brasil como membro não-permanente do Conselho de Segurança da ONU para o biênio 2021-2022.

Robert Dussey também se reuniu com o governador do Estado do Rio de Janeiro, Wilson Witzel.

Top 5

Fortaleza recebe primeiro data center da Angola Cables no Brasil

Após instalar dois cabos de fibra ótica em Fortaleza (o Monet, que vai até os Estados Unidos; e o SACS, que se conecta com...

Pesquisa e inovação impactam a agricultura do Brasil

São abundantes as manifestações de lideranças ao redor do mundo em reconhecimento à trajetória virtuosa da pesquisa agropecuária brasileira nos últimos quarenta anos. Graças...

Acordo preferencial eleva exportações sul-africanas ao Brasil

As exportações sul-africanas para o Brasil aumentaram de US$483 milhões em 2017 para US$ 663 milhões em 2018. As informações foram reveladas pela representante econômica...

Bienal do livro do Ceará receberá três autores africanos

Três escritores africanos estarão participando da Bienal Internacional do Livro do Ceará, que será realizada em Fortaleza entre os dias 16 a 25 de...

Fórum Brasil África 2019: Segurança Alimentar em foco

A problemática da fome tem se tornado cada vez mais recorrente, embora ela tenha estado em declínio nos últimos anos, segundo informações da Organização...