Brasileiro assume missão de paz da ONU no Congo

O brasileiro Ricardo Augusto Ferreira Costa Neves será Comandante da MONUSCO. O tenente coronel Costa Neves tem uma carreira de mais de 30 anos. Além disso, ele possui uma experiência anterior com as Forças de Paz, tendo servido como Observador Militar na Missão de Verificação da ONU em Angola. Ele sucede o tenente coronel Elias Rodrigues Martins Filho, também brasileiro, que concluiu seu mandato em 31 de outubro.

Site Oficial: https://monusco.unmissions.org/en

MONUSCO, Foto: ONU

A MONUSCO foi estabelecida em agosto de 1999 como uma força para monitorar o cessar-fogo assinado entre a República Democrática do Congo (RDC), um grupo rebelde e cinco estados regionais. Atualmente, a missão conta com 17 mil militares de diversos continentes, além de policiais, civis e agentes humanitários

MONUSCO, Foto: ONU

Diretor de Avaliação e Promoção no Comando do Exército Brasileiro desde o fim de 2018, Costa Neves tem uma destacada carreira militar de mais de três décadas, incluindo o Comando da Academia Militar, onde foi responsável pelo treinamento e educação de jovens oficiais. Anteriormente, ele serviu ao Comando da 17ª Brigada de Infantaria da Floresta (2015-2017) e Comando do 62º Batalhão de Infantaria (2008-2010). Ele é graduado na Escola Superior de Guerra.

Chico Carneiro, entre Amazônia e Moçambique, tudo vira filme

O cineasta brasileiro Chico Carneiro saiu do Brasil, mais precisamente da região amazônica, atravessou o oceano e foi parar em Moçambique, não apenas fazendo filmes, mas vivendo cinema.

Fórum Brasil África reunirá autoridades do governo brasileiro e de países africanos

O vice presidente brasileiro Hamilton Mourão, assim como diversas autoridades de governos africanos estarão presentes no Fórum Brasil África 2019. O fórum acontece nos dias 12 e 13 de novembro em São Paulo, e vai reunir também representantes do setor privado e da academia além de potenciais investidores. Em sua sétima edição, o tema do evento será “Segurança alimentar: caminho para o crescimento econômico”.

Brasil coopera com o Zimbábue para desenvolver cultura do algodão

O Brasil ocupa lugares de destaque tanto na produção como na exportação de algodão, atraindo diversos parceiros interessados em fortalecer o setor algodoeiro. O mais recente país a buscar o apoio do Brasil é o Zimbábue. Foi assinado um acordo entre os dois países para garantir capacitação e também a transferência de tecnologias brasileiras em algodão para o país africano.

Ipea discute oportunidade de negócios entre Brasil e África

O Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA) estará presente no Fórum Brasil África 2019 promovendo uma discussão sobre o potencial de negócios entre Brasil e os países africanos. Em um side event chamado “Desafios para o aprofundamento da cooperação entre o Brasil e os países africanos”, o instituto promoverá um debate com autoridades e representantes do setor econômico.

O futuro das relações entre Brasil e África é promissor, segundo Hamilton Mourão

"As relações com a África são e serão prioritárias para o Brasil e o para os brasileiros", declarou o vice-presidente do Brasil, Hamilton Mourão, durante a cerimônia de abertura do Fórum Brasil África 2019.