Colapso hídrico: novos caminhos para o uso da água

O acesso seguro à água potável é uma necessidade humana fundamental e básica. A falta de água traz riscos à segurança alimentar e nutricional, pois ameaça suprimento de alimentos demandados para a sobrevivência de uma população. Além disso, a água quando poluída enfraquece ou mesmo destrói os ecossistemas naturais que sustentam a saúde humana e a biodiversidade.

A ONU aponta ainda que cerca de um bilhão de cidadãos no mundo não têm acesso a um abastecimento adequado (o equivalente a pelo menos 20 litros diários de água a uma distância de até um quilômetro). Segundo dados do World Resources Institute (WRI) divulgados em 2015, mais de 30 países enfrentarão crises hídricas de alto risco nos próximos 25 anos. O relatório mediu a demanda e a disponibilidade de água em 167 nações. 

Ao redor do mundo, várias grandes cidades atingiram um nível de crise que pode ser chamada de colapso hídrico. Após superar esse grande desafio hoje elas se adequam a novas formas de lidar com a água. Servindo assim de modelos a serem seguidos no que concerne ao uso da tecnologia, ciência e conscientização sobre a água. 

Diante dessa problemática, ATLANTICO traz uma série de reportagens mostrando como os gestores públicos resolveram questões ligadas ao colapso hídrico em três espaços: em Cabo Verde, na cidade de São Paulo e em Cape Town.

Chico Carneiro, entre Amazônia e Moçambique, tudo vira filme

O cineasta brasileiro Chico Carneiro saiu do Brasil, mais precisamente da região amazônica, atravessou o oceano e foi parar em Moçambique, não apenas fazendo filmes, mas vivendo cinema.

Fórum Brasil África reunirá autoridades do governo brasileiro e de países africanos

O vice presidente brasileiro Hamilton Mourão, assim como diversas autoridades de governos africanos estarão presentes no Fórum Brasil África 2019. O fórum acontece nos dias 12 e 13 de novembro em São Paulo, e vai reunir também representantes do setor privado e da academia além de potenciais investidores. Em sua sétima edição, o tema do evento será “Segurança alimentar: caminho para o crescimento econômico”.

Brasil coopera com o Zimbábue para desenvolver cultura do algodão

O Brasil ocupa lugares de destaque tanto na produção como na exportação de algodão, atraindo diversos parceiros interessados em fortalecer o setor algodoeiro. O mais recente país a buscar o apoio do Brasil é o Zimbábue. Foi assinado um acordo entre os dois países para garantir capacitação e também a transferência de tecnologias brasileiras em algodão para o país africano.

Ipea discute oportunidade de negócios entre Brasil e África

O Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA) estará presente no Fórum Brasil África 2019 promovendo uma discussão sobre o potencial de negócios entre Brasil e os países africanos. Em um side event chamado “Desafios para o aprofundamento da cooperação entre o Brasil e os países africanos”, o instituto promoverá um debate com autoridades e representantes do setor econômico.

O futuro das relações entre Brasil e África é promissor, segundo Hamilton Mourão

"As relações com a África são e serão prioritárias para o Brasil e o para os brasileiros", declarou o vice-presidente do Brasil, Hamilton Mourão, durante a cerimônia de abertura do Fórum Brasil África 2019.