É lançada a oitava conferência sobre mudança climática e desenvolvimento na África

Com o tema “Intensificando a Ação Climática para Economias Resilientes na África”, a Conferência sobre Mudanças Climáticas e Desenvolvimento na África foi lançada com o intuito de fomentar articulações para o meio ambiente até 2020. Além de ampliar a voz da África na cúpula de Nova York em setembro, criando uma união entre os países africanos. 

“A conferência é importante, pois discutirá os impactos da mudança climática no continente. Logo no início do ano tivemos o ciclone Idai que matou milhares de pessoas na África Meridional, e destruiu uma infraestrutura estimada em mais de um bilhão de dólares. São consequências reais que estão a afectar a vida das pessoas no continente, que serão discutidas durante a reunião, entre outros tópicos”, declarou James Murombedzi, chefe do Centro Africano de Políticas Climáticas (ACPC).

O evento ocorrerá no Centro de Conferência da União Africana, em Adis Abeba, de 28 a 30 de agosto. De acordo com James Murombedzi, tudo está pronto para a Oitava Conferência sobre Mudanças Climáticas e Desenvolvimento na África (CCDA VIII). 

Foto: (Ruanda) A’Melody Lee /World Bank

A conferência pretende examinar as Contribuições Nacionalmente Determinadas da África e definir intervenções climáticas adicionais acionáveis ​​para aliviar os impactos da mudança climática sobre as pessoas comuns.

“Quero saber como vamos parar o aumento das emissões até 2020, e reduzir drasticamente as emissões para atingir as emissões líquidas-zero em meados do século”, disse o Secretário-Geral das Nações Unidas, António Guterres.

Guterres convocou a Cúpula de Ação Climática em setembro. Ele também pediu aos líderes mundiais que comparecessem à reunião com planos concretos e realistas para aumentar suas contribuições nacionais até 2020, em consonância com a redução de 45% das emissões de gases de efeito estufa na próxima década e com emissões líquidas zero até 2050. solicitado pelo relatório do Painel Intergovernamental sobre as Alterações Climáticas (IPCC).

A Cúpula sobre a Ação Climática têm como principais temas: financiamento climático e precificação de carbono, transição energética, transição industrial, soluções baseadas na natureza, infraestrutura, cidades e ação local, resiliência e adaptação.

A 8ª Conferência da CCDA é organizada pelo Centro Africano de Políticas Climáticas (ACPC) e reúne-se sob o apoio do programa ClimDev-Africa (Clima para o Desenvolvimento na África). O mesmo é um consórcio de instituições-chave de desenvolvimento africanas, incluindo a Comissão Económica das Nações Unidas para África (ECA), a União Africana e o Banco Africano de Desenvolvimento.

Chico Carneiro, entre Amazônia e Moçambique, tudo vira filme

O cineasta brasileiro Chico Carneiro saiu do Brasil, mais precisamente da região amazônica, atravessou o oceano e foi parar em Moçambique, não apenas fazendo filmes, mas vivendo cinema.

Fórum Brasil África reunirá autoridades do governo brasileiro e de países africanos

O vice presidente brasileiro Hamilton Mourão, assim como diversas autoridades de governos africanos estarão presentes no Fórum Brasil África 2019. O fórum acontece nos dias 12 e 13 de novembro em São Paulo, e vai reunir também representantes do setor privado e da academia além de potenciais investidores. Em sua sétima edição, o tema do evento será “Segurança alimentar: caminho para o crescimento econômico”.

Brasil coopera com o Zimbábue para desenvolver cultura do algodão

O Brasil ocupa lugares de destaque tanto na produção como na exportação de algodão, atraindo diversos parceiros interessados em fortalecer o setor algodoeiro. O mais recente país a buscar o apoio do Brasil é o Zimbábue. Foi assinado um acordo entre os dois países para garantir capacitação e também a transferência de tecnologias brasileiras em algodão para o país africano.

Ipea discute oportunidade de negócios entre Brasil e África

O Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA) estará presente no Fórum Brasil África 2019 promovendo uma discussão sobre o potencial de negócios entre Brasil e os países africanos. Em um side event chamado “Desafios para o aprofundamento da cooperação entre o Brasil e os países africanos”, o instituto promoverá um debate com autoridades e representantes do setor econômico.

Rio de Janeiro terá exposição de Arte Iorubá

A Casa de Herança Oduduwa recebe a partir do mês de Agosto uma exposição de peças milenares da cultura iorubá. A mostra de arte...