Brazil Africa Forum

Governo angolano recupera ativos que estavam sob gestão privada

O governo de Angola anunciou a recuperação de ativos que estavam sendo geridos por empresas privadas. Entre os bens estão os portos de Luanda e do Lobito, que estavam com a Soportos, e o Hotel de Convenções de Talatona.

A recuperação de bens

O Porto de Luanda, que havia sido concessionado por um período de 20 anos para a Soportos, é o maior de Angola  e tem infraestrutura portuária com uma área de 181 mil e 70 metros quadrados e com capacidade para movimentar anualmente mais dois milhões de toneladas.

Enquanto no Porto do Lobito, a Soportos assumiu a concessão do Terminal de Minérios, em 2017. De acordo com o Jornal de Angola, a Soportos fez a entrega dos bens, e a Procuradoria Geral da República de Angola entregou os terminais ao Porto de Luanda.

O Hotel Convenções de Talatona (HCTA) foi outro bem recuperado pelo governo. O empreendimento público estava sob gestão de uma empresa privada.

A unidade hoteleira de 5 Estrelas custou mais de 200 milhões de dólares e, logo após o pagamento e construção, foi entregue para a exploração a uma empresa privada com bônus inicial de 12 milhões de dólares, e um contrato com traços danosos.

Outras ações

O Presidente do país, João Lourenço, também cancelou um contrato de limpeza do Palácio que custou ao Estado 70 milhões de dólares em dois anos. A gestão do Palácio Presidencial e dos edifícios que fazem parte do seu complexo protocolar estava a cargo de uma empresa privada de gestores públicos.

Fórum Brasil África reunirá autoridades do governo brasileiro e de países africanos

O vice presidente brasileiro Hamilton Mourão, assim como diversas autoridades de governos africanos estarão presentes no Fórum Brasil África 2019. O fórum acontece nos dias 12 e 13 de novembro em São Paulo, e vai reunir também representantes do setor privado e da academia além de potenciais investidores. Em sua sétima edição, o tema do evento será “Segurança alimentar: caminho para o crescimento econômico”.

Ipea discute oportunidade de negócios entre Brasil e África

O Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA) estará presente no Fórum Brasil África 2019 promovendo uma discussão sobre o potencial de negócios entre Brasil e os países africanos. Em um side event chamado “Desafios para o aprofundamento da cooperação entre o Brasil e os países africanos”, o instituto promoverá um debate com autoridades e representantes do setor econômico.

O futuro das relações entre Brasil e África é promissor, segundo Hamilton Mourão

"As relações com a África são e serão prioritárias para o Brasil e o para os brasileiros", declarou o vice-presidente do Brasil, Hamilton Mourão, durante a cerimônia de abertura do Fórum Brasil África 2019.

Centro de Excelência da ONU participa de convocação global contra a fome na Etiópa

O diretor adjunto do Centro de Excelência contra a Fome do Programa Mundial de Alimentos das...

Morre o pesquisador Fernando Arenas, referência em estudos culturais sobre África Lusófona

Oito anos depois de ser publicado nos Estados Unidos, o livro "África Lusófona – Além da Independência" recebe uma edição traduzida para o português. A obra foi escrita pelo prof