Júlio Bitelli: os desafios do novo embaixador do Brasil no Marrocos

Diversificar a pauta comercial e a garantir a assinatura do acordo de livre comércio entre o Mercosul e o Marrocos. Essas são as principais missões do diplomata Julio Glinternick Bitelli, novo embaixador do Brasil em Rabat. “A pauta comercial entre Brasil e Marrocos é demasiadamente concentrada em alguns poucos produtos. O Brasil basicamente compra fosfato e derivados de fosfato, e vende alguns produtos agrícolas, sobretudo milho e açúcar”, disse Bitelli à Agência de Notícias Brasil Árabe (ANBA). 

Maior equilíbrio para o produto brasileiro

Para o diplomata, as tarifas para proteína animal no Marrocos são muito altas em cima dos produtos brasileiros. A carne bovina é tarifada em quase 200%, enquanto a de frango, em 100%, o que, segundo ele, dificulta a competitividade do produto brasileiro.

Ele acredita que as altas tarifas estão relacionadas com o fato do Marrocos ter acordos de livre comércio com vários países produtores de proteína animal. “Temos que trabalhar para diminuir as tarifas e permitir que nossos produtos entrem no mercado marroquino de forma mais competitiva, principalmente as carnes de frango e bovina, que são produtos nos quais o Brasil tem grande tradição de exportação para os países árabes. Bitelli também lembrou que o Brasil é referência em produção de alimentos halal, aqueles que são adequados ao consumo de muçulmanos.

+ De janeiro a maio de 2019, o Brasil exportou o equivalente a US$ 176,8 milhões ao Marrocos, e comprou US$ 289,8 milhões em produtos marroquinos. Os dados são da Câmara de Comércio Árabe Brasileira.

Acordo de livre comércio 

A assinatura do  acordo de livre comércio entre o Mercosul e o Marrocos é a segunda e não menos importante importante agenda do novo embaixador do Brasil em Rabat. “Neste momento, as autoridades marroquinas pediram para analisar os termos e se espera delas uma reação que permita retomar as negociações. Esse é um processo que tem um enorme potencial positivo”.

LEIA TAMBÉM: Brasil e Togo discutem a realização de um fórum econômico entre os dois países

Segundo Bitelli, o acordo pode fortalecer a relação entre o Brasil e Marrocos em várias áreas, entre elas o turismo. “Existe uma ideia de que as frequências dos voos diretos da Royal Air Maroc para o Brasil sejam ampliadas, e eventualmente a inclusão de outros destinos no Brasil, e o acordo assinado dá tranquilidade para que se trabalhe em cima disso”, afirmou.

Experiência com Magreb

O embaixador esteve presente na Câmara de Comércio Árabe-Brasileira

O nome de Julio Glinternick Bitelli como embaixador do Brasil em Rabat foi aprovado na semana passada pela Comissão de Relações Exteriores do Senado.  A expectativa dele é assumir o posto no mês de setembro. Assim, ele deixará o posto de embaixador do Brasil em Bogotá, na Colômbia, onde atua desde 2016. 

Bitelli já tem uma experiência com o Magreb, região no Norte da África que engloba Líbia, Tunísia, Argélia, Marrocos e Mauritânia.  Em 2013 e 2014, Bitelli foi embaixador do Brasil na Tunísia.

+ Bitelli foi recebido nesta segunda-feira (1) na sede da Câmara Árabe pelo secretário-geral, Tamer Mansour, pelos vice-presidentes Osmar Chohfi (Relações Internacionais), Mohamed Mourad (Administrativo) e Ruy Cury (Comércio Exterior), pela gerente de Relações Institucionais, Fernanda Baltazar, e pela diretora de Marketing da entidade, Janine Menezes.

Com informações da Agência de Notícias Brasil Árabe (ANBA)

Top 5

Fortaleza recebe primeiro data center da Angola Cables no Brasil

Após instalar dois cabos de fibra ótica em Fortaleza (o Monet, que vai até os Estados Unidos; e o SACS, que se conecta com...

Pesquisa e inovação impactam a agricultura do Brasil

São abundantes as manifestações de lideranças ao redor do mundo em reconhecimento à trajetória virtuosa da pesquisa agropecuária brasileira nos últimos quarenta anos. Graças...

Acordo preferencial eleva exportações sul-africanas ao Brasil

As exportações sul-africanas para o Brasil aumentaram de US$483 milhões em 2017 para US$ 663 milhões em 2018. As informações foram reveladas pela representante econômica...

Bienal do livro do Ceará receberá três autores africanos

Três escritores africanos estarão participando da Bienal Internacional do Livro do Ceará, que será realizada em Fortaleza entre os dias 16 a 25 de...

Fórum Brasil África 2019: Segurança Alimentar em foco

A problemática da fome tem se tornado cada vez mais recorrente, embora ela tenha estado em declínio nos últimos anos, segundo informações da Organização...