LATAM incrementa vôo entre São Paulo e Joanesburgo

Única empresa latino-americana a oferecer voo direto para o continente africano, a LATAM Airlines avalia positivamente os resultados da operação para Joanesburgo. Desde outubro de 2016, a empresa conecta o Aeroporto Internacional de Guarulhos, no Estado de São Paulo, ao O. R. Tambo International Airport, na cidade sul-africana.

A Latam voa a Joanesburgo cinco vezes por semana. Contudo, a empresa ofertou voos diários entre São Paulo e a cidade sul-africana nos meses de fevereiro e março deste ano, o que alcançou os níveis de ocupação esperados pela empresa. Com os bons resultados, a partir de agosto de 2019, a companhia vai operar as cinco frequências semanais da rota com um Airbus A350, configurado com 349 assentos. Atualmente, a rota é operada por um Boeing 767, configurado com 221 assentos.

Leia também: Marrocos vai expandir linhas aéreas no verão

Airbus A350 será a nova aeronave utilizada nos voos Guarulhos-Joanesburgo

A mudança vai reduzir o tempo de vôo em 1h30 em ambos os trechos da viagem. O Airbus A350 é também uma das aeronaves mais eficientes da frota da empresa em consumo de combustível, além de mais moderna e com a garantia de uma melhor experiência para o passageiro.

Segundo a empresa, o vôo Guarulhos-Joanesburgo é composto principalmente por passageiros do Brasil, da África do Sul, da Argentina e do Chile. A companhia também constatou que o principal motivador das viagens nesta rota é o turismo. Este segmento está crescendo fortemente no primeiro semestre de 2019 com relação ao mesmo período do ano anterior.

As vendas globais para Joanesburgo aumentaram cerca de 20% no primeiro trimestre de 2019, impulsionadas principalmente pelo mercado brasileiro. A venda de pacotes turísticos para a África do Sul também representa uma receita importante para a operadora LATAM Travel, do mesmo grupo.

As vendas globais do vôo da LATAM entre São Paulo e Joanesburgo aumentaram cerca de 20% no primeiro trimestre de 2019

Reforço na comunicação

Desde o anúncio da rota, a África do Sul foi tema de muitas campanhas publicitárias criadas pelo Grupo LATAM Airlines, que busca apresentar ao público as mais diversas possibilidades de turismo que o país oferece. No Grupo LATAM, a África do Sul responde pelo maior volume de vendas dos chamados “destinos exóticos” e, por isso, tem prioridade em sua comunicação, com presença recorrente nas campanhas e promoções da companhia veiculadas tanto no Brasil e como no Chile.

Em janeiro de 2019, a companhia aérea marroquina Royal Air Maroc entrou na aliança One World, da qual a LATAM  faz parte. Essa entrada vai possibilitar que os passageiros da LATAM na América do Sul acessem o Marrocos e os demais países do norte da África com mais facilidade e menos tempo de viagem. Atualmente, esses passageiros precisam viajar à Europa para fazer uma conexão até o norte africano com outras companhias aéreas parceiras. Os clientes da LATAM podem ainda utilizar os seus pontos do programa de fidelidade na rede da companhia aérea marroquina, além de acumular pontos e milhas em suas viagens com a nova parceira.

Top 5

Fortaleza recebe primeiro data center da Angola Cables no Brasil

Após instalar dois cabos de fibra ótica em Fortaleza (o Monet, que vai até os Estados Unidos; e o SACS, que se conecta com...

Pesquisa e inovação impactam a agricultura do Brasil

São abundantes as manifestações de lideranças ao redor do mundo em reconhecimento à trajetória virtuosa da pesquisa agropecuária brasileira nos últimos quarenta anos. Graças...

Acordo preferencial eleva exportações sul-africanas ao Brasil

As exportações sul-africanas para o Brasil aumentaram de US$483 milhões em 2017 para US$ 663 milhões em 2018. As informações foram reveladas pela representante econômica...

Bienal do livro do Ceará receberá três autores africanos

Três escritores africanos estarão participando da Bienal Internacional do Livro do Ceará, que será realizada em Fortaleza entre os dias 16 a 25 de...

Fórum Brasil África 2019: Segurança Alimentar em foco

A problemática da fome tem se tornado cada vez mais recorrente, embora ela tenha estado em declínio nos últimos anos, segundo informações da Organização...