Literatura queniana perde o escritor Binyavanga Wainaina

O premiado escritor queniano Binyavanga Wainaina (48) morreu nesta noite de terça-feira, em Nairóbi. Wainaina desafiou os estereótipos da África com a sátira cortante e assumiu o preconceito, documentando sua vida como um homem abertamente gay. O autor, ensaísta e militante, também defendeu a literatura africana através da Kwani Trust, que ele fundou com outros escritores.

Leitor de livros e lugares, palavras e pessoas, Binyavanga estrutura seu mundo através da linguagem. Sempre na margem e olhando para dentro, teve dificuldade para se encaixar nos padrões estipulados da sociedade. Estudou Administração na África do Sul, mas desistiu do curso, lendo vorazmente e fazendo trabalhos temporários até perceber que sua vocação era, de fato, a escrita.

Seu texto “Discovering home”, sobre uma viagem com a família para Uganda, ganhou o “Caine Prize for African Writing”, em 2002. O importante prêmio reconhece o talento e a promessa de autores africanos de língua inglesa.

“One day I will write about this place”, seu livro de memórias, foi publicado em 2011, cimentando sua carreira como escritor.

Em novembro de 2018, o livro chega ao Brasil através da editora Kapulana
com o título “Um dia vou escrever sobre este lugar”. Na obra, Binyavanga entrelaça suas memórias de infância, adolescência e vida adulta à história contemporânea do continente africano.

Wainaina anunciou em 2016 que era soropositivo.

Top 5

Fortaleza recebe primeiro data center da Angola Cables no Brasil

Após instalar dois cabos de fibra ótica em Fortaleza (o Monet, que vai até os Estados Unidos; e o SACS, que se conecta com...

Pesquisa e inovação impactam a agricultura do Brasil

São abundantes as manifestações de lideranças ao redor do mundo em reconhecimento à trajetória virtuosa da pesquisa agropecuária brasileira nos últimos quarenta anos. Graças...

Acordo preferencial eleva exportações sul-africanas ao Brasil

As exportações sul-africanas para o Brasil aumentaram de US$483 milhões em 2017 para US$ 663 milhões em 2018. As informações foram reveladas pela representante econômica...

Bienal do livro do Ceará receberá três autores africanos

Três escritores africanos estarão participando da Bienal Internacional do Livro do Ceará, que será realizada em Fortaleza entre os dias 16 a 25 de...

Fórum Brasil África 2019: Segurança Alimentar em foco

A problemática da fome tem se tornado cada vez mais recorrente, embora ela tenha estado em declínio nos últimos anos, segundo informações da Organização...