Ministro Sul Africano fala sobre cooperação da África para desenvolvimento

“Nós temos uma democracia jovem. A última a ser libertada. Uma das coisas mais importantes que estamos preocupados em fazer é aprender com os que vieram antes de nós “, declara Mcebisi Skwatsha, vice-ministro de agricultura da África do Sul. Em entrevista para a ATLANTICO, ele falou sobre os desafios para seu país e o que foi aprendido com o modelo brasileiro. Ele também destacou a importância da cooperação entre países africanos. A entrevista foi concedida durante o Fórum Brasil África 2019, que aconteceu em São Paulo no mês de novembro.

“Temos na África o plano nacional de desenvolvimento e ele tem aspectos-chave que precisamos combater. Tem que combater o desemprego, também tem que combater a desigualdade e também tem que combater a pobreza”, falou Skwatsha. Ele destacou que o Brasil enfrentou os mesmos problemas no passado, com altas taxas de desemprego e pobreza da população. Tendo isso em mente, a África do Sul tem se inspirado nas medidas públicas adotadas pelo governo brasileiro para enfrentar esses mesmos desafios.

O vice ministro africano também destacou o apoio recebido por outros países da África, e declarou que “há muito que precisamos aprender como África”, ao falar sobre a cooperação para atingir a segurança alimentar. “Se você quer ir rápido, vá sozinho, se você quer ir longe, vá junto. Juntos podemos fazer isso”, completou citando um provérbio africano, ao enfatizar a importância de eventos como o Fórum Brasil África na promoção de discussões entre países da África.

Durante o fórum Brasil África 2019, Mcebisi Skwatsha participou da sessão “Incorporando modelos inovadores de agro-energia na produção e processamento de alimentos”, que discutiu sobre as práticas comerciais efetivas e as regulamentações governamentais necessária para permitir inovações na produção e processamento de alimentos para a agricultura.

Chico Carneiro, entre Amazônia e Moçambique, tudo vira filme

O cineasta brasileiro Chico Carneiro saiu do Brasil, mais precisamente da região amazônica, atravessou o oceano e foi parar em Moçambique, não apenas fazendo filmes, mas vivendo cinema.

Fórum Brasil África reunirá autoridades do governo brasileiro e de países africanos

O vice presidente brasileiro Hamilton Mourão, assim como diversas autoridades de governos africanos estarão presentes no Fórum Brasil África 2019. O fórum acontece nos dias 12 e 13 de novembro em São Paulo, e vai reunir também representantes do setor privado e da academia além de potenciais investidores. Em sua sétima edição, o tema do evento será “Segurança alimentar: caminho para o crescimento econômico”.

Brasil coopera com o Zimbábue para desenvolver cultura do algodão

O Brasil ocupa lugares de destaque tanto na produção como na exportação de algodão, atraindo diversos parceiros interessados em fortalecer o setor algodoeiro. O mais recente país a buscar o apoio do Brasil é o Zimbábue. Foi assinado um acordo entre os dois países para garantir capacitação e também a transferência de tecnologias brasileiras em algodão para o país africano.

Ipea discute oportunidade de negócios entre Brasil e África

O Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA) estará presente no Fórum Brasil África 2019 promovendo uma discussão sobre o potencial de negócios entre Brasil e os países africanos. Em um side event chamado “Desafios para o aprofundamento da cooperação entre o Brasil e os países africanos”, o instituto promoverá um debate com autoridades e representantes do setor econômico.

O futuro das relações entre Brasil e África é promissor, segundo Hamilton Mourão

"As relações com a África são e serão prioritárias para o Brasil e o para os brasileiros", declarou o vice-presidente do Brasil, Hamilton Mourão, durante a cerimônia de abertura do Fórum Brasil África 2019.