Morre Paulo Cordeiro, grande incentivador das relações Brasil-África

Morreu nesta quarta-feira (8) na Itália o embaixador do Brasil no Líbano, Paulo Cordeiro de Andrade Pinto. Ela estava acompanhado da esposa, a embaixatriz Vera Lucia Estrela Pinto. Os dois foram vítimas de um acidente de trânsito. Eles estavam em um táxi na rodovia entre Grumo e Altamura, perto de Bari, na região italiana da Puglia. O veículo colidiu com um caminhão. O motorista do veículo, Marcello de Filippis, 49 anos, também morreu na hora.

O Ministério das Relações Exteriores confirmou a morte do casal através de uma nota de pesar.

Antes de assumir a Embaixada do Brasil no Líbano — cargo que ocupava desde o ano passado —, Paulo havia sido cônsul em Milão.

Nascido em Salvador, Bahia, Andrade Pinto ocupou o cargo de cônsul-geral do Brasil em Milão e serviu na Delegação Permanente em Genebra, na Missão do Brasil junto às Nações Unidas em Nova York e nas Embaixadas do Brasil no México e no Canadá, como ministro-conselheiro.

Também foi Subsecretário-geral político para África e Oriente Médio do Ministério das Relações Exteriores.


“Uma grande perda para o Brasil”



“É uma grande perda para o Itamaraty e o Brasil, que nos faz lembrar de tempos em que nossa política externa se caracterizava por valores como a paz e a solidariedade”, lamenta Celso Amorim, ex-ministro das Relações Exteriores do Brasil.

“O Embaixador Paulo Cordeiro teve um papel muito importante no fortalecimento das relações recentes entre o Brasil e África. Sua morte é uma grande perda para todos que tiveram o privilégio de conviver com o ele. Particularmente, sinto a dor da perda de um amigo e um grande incentivador das iniciativas do IBRAF”, diz o presidente do Instituto Brasil África (IBRAF), João Bosco Monte.

“Notícias tão tristes e devastadoras. O embaixador Paulo Cordeiro era um verdadeiro amigo do Grupo Africano e do continente africano. Que sua alma gentil e a de sua querida esposa Vera descanse em paz eterna”, se sensibilizou Martin Mbeng, Embaixador do Cameroon no Brasil

+ Paulo Cordeiro de Andrade Pinto participou do 2º Fórum Brasil África, evento realizado em Fortaleza no ano de 2014 pelo Instituto Brasil África, que também publica a ATLANTICO. Assista a participação dele no evento em vídeo.

Top 5

Fortaleza recebe primeiro data center da Angola Cables no Brasil

Após instalar dois cabos de fibra ótica em Fortaleza (o Monet, que vai até os Estados Unidos; e o SACS, que se conecta com...

Pesquisa e inovação impactam a agricultura do Brasil

São abundantes as manifestações de lideranças ao redor do mundo em reconhecimento à trajetória virtuosa da pesquisa agropecuária brasileira nos últimos quarenta anos. Graças...

Acordo preferencial eleva exportações sul-africanas ao Brasil

As exportações sul-africanas para o Brasil aumentaram de US$483 milhões em 2017 para US$ 663 milhões em 2018. As informações foram reveladas pela representante econômica...

Bienal do livro do Ceará receberá três autores africanos

Três escritores africanos estarão participando da Bienal Internacional do Livro do Ceará, que será realizada em Fortaleza entre os dias 16 a 25 de...

Fórum Brasil África 2019: Segurança Alimentar em foco

A problemática da fome tem se tornado cada vez mais recorrente, embora ela tenha estado em declínio nos últimos anos, segundo informações da Organização...