O futuro das relações entre Brasil e África é promissor, segundo Hamilton Mourão

“As relações com a África são e serão prioritárias para o Brasil e o para os brasileiros”, declarou o vice-presidente do Brasil, Hamilton Mourão, durante a cerimônia de abertura do Fórum Brasil África 2019. Ele também disse que o governo brasileiro está organizando sua primeira visita oficial ao continente africano, que será realizada em março de 2020.

Em sua fala, o vice-presidente afirmou que o governo brasileiro tem procurado atuar de forma “flexível” e “pragmática”. “Estamos vivendo um momento de transição geopolítica com o ressurgimento da China como o principal parceiro comercial tanto para o Brasil como para a África”, exemplifica. 

O vice-presidente brasileiro reforçou o protagonismo do Brasil em áreas na área de pesquisa agrícola. Ele lembrou que em 40 anos, o país aumentou a produtividade em mais de 400% e lembrou que as condições climáticas do Brasil e de alguns países africanos são semelhantes, o que pode facilitar negociações bilaterais. “Atualmente, o Brasil alimenta aproximadamente 1 bilhão de pessoas em todo o mundo. É possível compartilhar nossas melhores práticas com os países africanos, apoiando então principalmente nos programas de alimentação escolar ”.

“O Brasil realiza o mais importante conjunto de reformas entre os países em desenvolvimento”

Mourão também lembrou do protagonismo do Brasil na segurança do Atlântico Sul, onde o país participa de diversas ações, como o combate à pirataria no golfo da Guiné. Parafraseando o africanista Alberto da Costa e Silva, Hamilton Mourão chamou o oceano Atlântico de um “rio” que une Brasil e África. “O continente africano é culturalmente plural. A África do século XXI é um polo econômico e político emergente e o Brasil deseja contribuir para o seu desenvolvimento e sucesso”, afirmou.

O vice-presidente do Brasil encerrou seu discurso detalhando um pouco os objetivos da viagem do próximo ano. “Aproveitarei esta oportunidade para fortalecer nossas relações de amizade. Nosso elemento unificador consiste em criar um ambiente estável para o crescimento contínuo do continente africano, em uma relação ganha-ganha”.

Novo momento do Brasil 

Durante sua fala, o vice-presidente Hamilton Mourão também tentou chamar a atenção dos estrangeiros presentes ao mostrar que do momento de otimismo que o Brasil vive atualmente. 

ODS 17

Ele fez críticas aos governos anteriores, que “afundaram o país em uma crise” e elogiou o movimento feito pelo governo do qual faz parte. Diminuir o tamanho do Estado e acabar com as regulações excessivas são algumas das metas gerais do governo brasileiro neste momento. Também lembrou da reforma previdenciária, já aprovada pelo congresso e de outras que estão em discussão. “O Brasil realiza o mais importante conjunto de reformas entre os países em desenvolvimento”, revela.

+ O Fórum Brasil África acontece em São Paulo. O evento apresenta o tema principal “Segurança Alimentar: caminho para o crescimento econômico”. Além do vice-presidente do Brasil, cerca de 300 representantes de governos, setor privado, academia e possíveis investidores participam do evento.

Chico Carneiro, entre Amazônia e Moçambique, tudo vira filme

O cineasta brasileiro Chico Carneiro saiu do Brasil, mais precisamente da região amazônica, atravessou o oceano e foi parar em Moçambique, não apenas fazendo filmes, mas vivendo cinema.

Fórum Brasil África reunirá autoridades do governo brasileiro e de países africanos

O vice presidente brasileiro Hamilton Mourão, assim como diversas autoridades de governos africanos estarão presentes no Fórum Brasil África 2019. O fórum acontece nos dias 12 e 13 de novembro em São Paulo, e vai reunir também representantes do setor privado e da academia além de potenciais investidores. Em sua sétima edição, o tema do evento será “Segurança alimentar: caminho para o crescimento econômico”.

Brasil coopera com o Zimbábue para desenvolver cultura do algodão

O Brasil ocupa lugares de destaque tanto na produção como na exportação de algodão, atraindo diversos parceiros interessados em fortalecer o setor algodoeiro. O mais recente país a buscar o apoio do Brasil é o Zimbábue. Foi assinado um acordo entre os dois países para garantir capacitação e também a transferência de tecnologias brasileiras em algodão para o país africano.

Ipea discute oportunidade de negócios entre Brasil e África

O Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA) estará presente no Fórum Brasil África 2019 promovendo uma discussão sobre o potencial de negócios entre Brasil e os países africanos. Em um side event chamado “Desafios para o aprofundamento da cooperação entre o Brasil e os países africanos”, o instituto promoverá um debate com autoridades e representantes do setor econômico.

O futuro das relações entre Brasil e África é promissor, segundo Hamilton Mourão

"As relações com a África são e serão prioritárias para o Brasil e o para os brasileiros", declarou o vice-presidente do Brasil, Hamilton Mourão, durante a cerimônia de abertura do Fórum Brasil África 2019.