Os países do BRICS são estratégicos para a África, aposta executivo do Afreximbank

Promover negócios na África é o principal foco do Afreximbank. Em entrevista a ATLANTICO, Hippolyte Fofack, economista-chefe e diretor de pesquisa e cooperação do banco, falou sobre desafiar o status quo e incentivar o desenvolvimento do continente em parceria com países do BRICS.

“O BRICS se tornou uma plataforma global liderando a agenda de Cooperação Sul-Sul” afirma Fofack. Ele destaca o papel do grupo na indústria africana, seja ativamente fazendo parte dela – como é o caso da África do Sul -ou sendo parceira, como o Brasil e a China

Hippolyte Fofack aposta em uma maior autonomia da África que já foi, segundo ele, muito dependente da Europa. Ele afirma que se antes havia um grande foco em exportação, hoje o banco procura apoiar o mercado do continente o que gera mais empregos e com isso desenvolvimento. Dessa forma, ainda segundo Fofack, se rompe com o status quo e se promove a própria população africana. Ele dá como exemplo a Iniciativa Africana de Cacau,  uma parceria da esfera privada com governos africanos para suprir as exigências do setor de cacau.

+ Fofack participou do Fórum Brasil África 2019, realizado em São Paulo no mês de novembro. Durante o evento, o Afreximbank promoveu a sessão especial “Aprofundando parcerias econômicas entre o Brasil e a África”. “É um tópico muito oportuno, que ressoa muito bem com a agenda do banco africano de importação e exportação”, declarou o executivo.

Chico Carneiro, entre Amazônia e Moçambique, tudo vira filme

O cineasta brasileiro Chico Carneiro saiu do Brasil, mais precisamente da região amazônica, atravessou o oceano e foi parar em Moçambique, não apenas fazendo filmes, mas vivendo cinema.

Fórum Brasil África reunirá autoridades do governo brasileiro e de países africanos

O vice presidente brasileiro Hamilton Mourão, assim como diversas autoridades de governos africanos estarão presentes no Fórum Brasil África 2019. O fórum acontece nos dias 12 e 13 de novembro em São Paulo, e vai reunir também representantes do setor privado e da academia além de potenciais investidores. Em sua sétima edição, o tema do evento será “Segurança alimentar: caminho para o crescimento econômico”.

Brasil coopera com o Zimbábue para desenvolver cultura do algodão

O Brasil ocupa lugares de destaque tanto na produção como na exportação de algodão, atraindo diversos parceiros interessados em fortalecer o setor algodoeiro. O mais recente país a buscar o apoio do Brasil é o Zimbábue. Foi assinado um acordo entre os dois países para garantir capacitação e também a transferência de tecnologias brasileiras em algodão para o país africano.

Ipea discute oportunidade de negócios entre Brasil e África

O Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA) estará presente no Fórum Brasil África 2019 promovendo uma discussão sobre o potencial de negócios entre Brasil e os países africanos. Em um side event chamado “Desafios para o aprofundamento da cooperação entre o Brasil e os países africanos”, o instituto promoverá um debate com autoridades e representantes do setor econômico.

O futuro das relações entre Brasil e África é promissor, segundo Hamilton Mourão

"As relações com a África são e serão prioritárias para o Brasil e o para os brasileiros", declarou o vice-presidente do Brasil, Hamilton Mourão, durante a cerimônia de abertura do Fórum Brasil África 2019.