Quadrinhos e games africanos em exposição no Maputo

Personagens de histórias em quadrinhos e videogames de sete estúdios do continente africano terão seus trabalhos mostrados na exposição. “Super-heróis: Banda Desenhada e Videojogos de África”, em Moçambique.

A exposição irá incluir trabalhos produzidos pelos estúdios África -Leti Arts (Gana), Comic Republic (Nigéria), Spoof Animation (Nigéria), Sigma Digital (Zimbabwe), CCX (Zimbabwe), Bill Masuku (Zimbabwe) e Black Hut (Zambia). 

Segundo os realizadores, a exposição vai contribuir para uma reflexão crítica sobre  a temática dentro do contexto de novas narrativas sobre África e de movimentos como o “afro-futurismo”.

Nos últimos anos o tema têm feito sucesso ao redor do mundo, com franquias milionárias na indústria do entretenimento. No continente africano, o mercado vem se expandindo e ganhando força. A originalidade e a busca ao redor do mundo pela representatividade negra levando em consideração a diáspora africana estariam contribuindo para o fenômeno. 

A exposição estará aberta ao público de 22 de Outubro a 29 de novembro no Camões – Centro Cultural Português em Maputo, Moçambique.

Chico Carneiro, entre Amazônia e Moçambique, tudo vira filme

O cineasta brasileiro Chico Carneiro saiu do Brasil, mais precisamente da região amazônica, atravessou o oceano e foi parar em Moçambique, não apenas fazendo filmes, mas vivendo cinema.

Fórum Brasil África reunirá autoridades do governo brasileiro e de países africanos

O vice presidente brasileiro Hamilton Mourão, assim como diversas autoridades de governos africanos estarão presentes no Fórum Brasil África 2019. O fórum acontece nos dias 12 e 13 de novembro em São Paulo, e vai reunir também representantes do setor privado e da academia além de potenciais investidores. Em sua sétima edição, o tema do evento será “Segurança alimentar: caminho para o crescimento econômico”.

Brasil coopera com o Zimbábue para desenvolver cultura do algodão

O Brasil ocupa lugares de destaque tanto na produção como na exportação de algodão, atraindo diversos parceiros interessados em fortalecer o setor algodoeiro. O mais recente país a buscar o apoio do Brasil é o Zimbábue. Foi assinado um acordo entre os dois países para garantir capacitação e também a transferência de tecnologias brasileiras em algodão para o país africano.

Ipea discute oportunidade de negócios entre Brasil e África

O Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA) estará presente no Fórum Brasil África 2019 promovendo uma discussão sobre o potencial de negócios entre Brasil e os países africanos. Em um side event chamado “Desafios para o aprofundamento da cooperação entre o Brasil e os países africanos”, o instituto promoverá um debate com autoridades e representantes do setor econômico.

Rio de Janeiro terá exposição de Arte Iorubá

A Casa de Herança Oduduwa recebe a partir do mês de Agosto uma exposição de peças milenares da cultura iorubá. A mostra de arte...