Rainha do Congo celebra ancestralidade no Brasil

A rainha Diambi Kabatusuila Mukalenga Mukaji Wa Nkashama, da República Democrática do Congo, está em visita ao Brasil desde o dia 27 de Fevereiro, aos estados da Bahia, Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo. A realeza chega ao país para um encontro com comunidades afrodescendentes e indígenas com o propósito de resgatar os saberes e  práticas ligadas à cultura dos povos congoleses (Congo Kinshasa), outrora trazidos para o Brasil no tempo da escravatura.

A rainha do Congo Diambi Kabatusuila participa de evento em sua homenagem na Casa França-Brasil, no centro do Rio de Janeiro. Tomaz Silva/Agência Brasil.

Desde a sua vinda ao Brasil, ano passado, que resultou numa amizade com Cristiane Papiôn, coordenadora do Observatório Cultural das Aldeias (OCA), Diambi se mostrou interessada em retornar para uma visita mais prolongada. Papiôn é uma importante referência no âmbito das políticas culturais e de intolerância religiosa no país e logo entrou em contato com parceiros para organizar a agenda e novas parcerias em prol da vinda da rainha.

A turnê, chamada de “Pela paz no Brasil”, nasceu da necessidade dos brasileiros reconhecerem a importância da matriz africana na formação da cultural nacional, bem como celebrar as práticas religiosas e culturais com foco na ancestralidade dos descendentes africanos. A importância da vinda de uma rainha do Congo ao país se justifica pela grande influência da cultura Bantu no Brasil, trazida pelos congoleses e que contribuíram muito para formação da identidade cultural do país.

A passagem de Djambi pelos quatro estados brasileiros conta com encontros a universidades, com coletivos étnico-raciais, tour para pontos turísticos de referências históricas para povos indígenas e negros, visitas em espaços religiosos e em projetos sociais com crianças. A rainha permanecerá até 15 de Março. Durante a passagem pelo Brasil, a rainha estará acompanhada de uma comitiva de várias autoridades internacionais, entre eles, embaixadores de alguns países africanos na Europa.

Diambi Kabatusuila é filha de mãe belga e pai congolês diplomata. Embora tenha nascido na Bélgica, Diambi cresceu na República Democrática do Congo e possui vasta experiência em multiculturalismo. Ela detém o título de Diambi Mukalenga Mukaji Wa Nkashama (Rainha da Ordem do Leopardo) e foi investida e introduzida em Kinshasha pela Associação de Autoridades Tradicionais e Consuetudinárias do Congo em 5 de agosto de 2017.

Chico Carneiro, entre Amazônia e Moçambique, tudo vira filme

O cineasta brasileiro Chico Carneiro saiu do Brasil, mais precisamente da região amazônica, atravessou o oceano e foi parar em Moçambique, não apenas fazendo filmes, mas vivendo cinema.

Fórum Brasil África reunirá autoridades do governo brasileiro e de países africanos

O vice presidente brasileiro Hamilton Mourão, assim como diversas autoridades de governos africanos estarão presentes no Fórum Brasil África 2019. O fórum acontece nos dias 12 e 13 de novembro em São Paulo, e vai reunir também representantes do setor privado e da academia além de potenciais investidores. Em sua sétima edição, o tema do evento será “Segurança alimentar: caminho para o crescimento econômico”.

Brasil coopera com o Zimbábue para desenvolver cultura do algodão

O Brasil ocupa lugares de destaque tanto na produção como na exportação de algodão, atraindo diversos parceiros interessados em fortalecer o setor algodoeiro. O mais recente país a buscar o apoio do Brasil é o Zimbábue. Foi assinado um acordo entre os dois países para garantir capacitação e também a transferência de tecnologias brasileiras em algodão para o país africano.

Ipea discute oportunidade de negócios entre Brasil e África

O Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA) estará presente no Fórum Brasil África 2019 promovendo uma discussão sobre o potencial de negócios entre Brasil e os países africanos. Em um side event chamado “Desafios para o aprofundamento da cooperação entre o Brasil e os países africanos”, o instituto promoverá um debate com autoridades e representantes do setor econômico.

Rio de Janeiro terá exposição de Arte Iorubá

A Casa de Herança Oduduwa recebe a partir do mês de Agosto uma exposição de peças milenares da cultura iorubá. A mostra de arte...