Brazil Africa Forum

Sudão recebe apoio da União Europeia para combate a fome

A União Europeia, por meio do departamento de Ajuda Humanitária e Proteção Civil (ECHO, em inglês), disponibilizou uma doação de €7 milhões para o Programa Alimentar Mundial da ONU. O investimento visa ajudar no combate à situação emergencial de fome que o Sudão está vivenciando. 

A doação é pensada para dar suporte às ações necessárias para amenizar a situação urgente que o Sudão enfrenta.  Entre os anos de 2018 e 2019, a União Europeia doou ao todo €13 milhões para o fundo humanitário. 

As ações dessa comissão humanitária visa combater e prevenir a desnutrição, tendo como alvo mães e filhos que vivem em áreas de difícil acesso. A desnutrição grave afeta 1,8 milhões de crianças até cinco anos de idades, que estão inseridas na realidade emergencial do Sudão. 

O fundo não ficará concentrado apenas em uma ação específica, ele também fará parte de doações para comunidades que encontram-se em situação de vulnerabilidade alimentar. Com isto visa atingir a 600 mil pessoas, também prestando assistência para refugiados que encontram-se no norte e no sul de Darfur. 

Há também de intuito de realizar transferências financeiras para as pessoas em situação crítica, fazendo com que a economia local tenha uma movimentação positiva. Esse fluxo mostrou ter um impacto positivo na vida individual das pessoas e, consequentemente, mostra uma mudança na convivência coletiva. 

(Foto: UNICEF/Mackenzie Knowles-Coursin)

A doação possibilita uma ação direcionada para as necessidades urgentes dos sudaneses, possibilitando uma modalidade “híbrida” de assistência. Dessa forma é possível fazer um kit contendo uma mistura alimentar, vales alimentação e dinheiro. 

As doações para o ECHO, originadas da Europa, são feitas desde 2012, acumulando um montante de € 153 milhões doados para ações que visam combater situações emergenciais. 

Fome no Sudão 

A guerra que acomete o Sudão teve início em 2013 e já dura, aproximadamente, seis anos. A ONU estima que, no sul do Sudão, cerca de 4.2 milhões de crianças vivem em situação precária. A organização ainda afirma que 1.1 milhão de crianças estão em situação de desnutrição grave.

Fórum Brasil África reunirá autoridades do governo brasileiro e de países africanos

O vice presidente brasileiro Hamilton Mourão, assim como diversas autoridades de governos africanos estarão presentes no Fórum Brasil África 2019. O fórum acontece nos dias 12 e 13 de novembro em São Paulo, e vai reunir também representantes do setor privado e da academia além de potenciais investidores. Em sua sétima edição, o tema do evento será “Segurança alimentar: caminho para o crescimento econômico”.

Ipea discute oportunidade de negócios entre Brasil e África

O Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA) estará presente no Fórum Brasil África 2019 promovendo uma discussão sobre o potencial de negócios entre Brasil e os países africanos. Em um side event chamado “Desafios para o aprofundamento da cooperação entre o Brasil e os países africanos”, o instituto promoverá um debate com autoridades e representantes do setor econômico.

O futuro das relações entre Brasil e África é promissor, segundo Hamilton Mourão

"As relações com a África são e serão prioritárias para o Brasil e o para os brasileiros", declarou o vice-presidente do Brasil, Hamilton Mourão, durante a cerimônia de abertura do Fórum Brasil África 2019.

Centro de Excelência da ONU participa de convocação global contra a fome na Etiópa

O diretor adjunto do Centro de Excelência contra a Fome do Programa Mundial de Alimentos das...

Rainha do Congo celebra ancestralidade no Brasil

A rainha Diambi Kabatusuila Mukalenga Mukaji Wa Nkashama, da República Democrática do Congo, está em visita ao Brasil desde o dia 27 de Fevereiro,...