Botsuana descriminaliza homossexualidade

Em votação unânime realizada nesta terça (11), a justiça de Botsuana descriminalizou a homossexualidade, proibida no país de acordo com um decreto que 1965, que previa prisão de até 7 anos para quem praticasse, ou tentasse praticar, sexo com pessoas do mesmo sexo. A decisão foi comemorada por ativistas que acompanhavam a sessão.

O juiz da Suprema Corte do país, Michael Elburu, declarou que era o momento de esquecer essas heranças do período colonial e que não há razão para discriminação. “A orientação sexual é humana, não é uma questão de moda (…) a questão da moralidade privada não deve ser a preocupação da lei,” argumentou.

O movimento em Botsuana ganhou força quando, no início do ano, o Ministério de Assuntos Internos do país barrou o pedido de registro da organização “Lesbians, Gays, and Bisexuals of Botswana”.

Representantes da organização Lesbians, Gays, and Bisexuals of Botsuana comemoraram a decisão tomada na Suprema Corte do país. (Foto: AFP)

Mesmo com a medida em Botsuana, 31 países africanos ainda criminalizam homossexualidade. Relações homoafetivas podem ser punidas com pena de morte na Nigéria, Mauritânia, Somália e Sudão.

Também neste ano, a justiça do Quênia votou por manter leis anti-homossexuais no país, mesmo com intensa manifestação de ativistas. Entretanto,  há expectativas que este número de 31 países diminua com recentes revogações de leis “anti-gay” em Angola, Moçambique e Seychelles.

A situação no Brasil

Diferente de boa parte dos países da África, no Brasil, em âmbito legal, os LGBTs já possuem direitos assegurados, como direito ao casamento civil, algo que apenas a África do Sul permite no continente africano. No Brasil, inclusive, já está sendo votada no Supremo Tribunal Federal, inclusive, um projeto de criminalização da homofobia.

Top 5

Fortaleza recebe primeiro data center da Angola Cables no Brasil

Após instalar dois cabos de fibra ótica em Fortaleza (o Monet, que vai até os Estados Unidos; e o SACS, que se conecta com...

Pesquisa e inovação impactam a agricultura do Brasil

São abundantes as manifestações de lideranças ao redor do mundo em reconhecimento à trajetória virtuosa da pesquisa agropecuária brasileira nos últimos quarenta anos. Graças...

Acordo preferencial eleva exportações sul-africanas ao Brasil

As exportações sul-africanas para o Brasil aumentaram de US$483 milhões em 2017 para US$ 663 milhões em 2018. As informações foram reveladas pela representante econômica...

Bienal do livro do Ceará receberá três autores africanos

Três escritores africanos estarão participando da Bienal Internacional do Livro do Ceará, que será realizada em Fortaleza entre os dias 16 a 25 de...

Fórum Brasil África 2019: Segurança Alimentar em foco

A problemática da fome tem se tornado cada vez mais recorrente, embora ela tenha estado em declínio nos últimos anos, segundo informações da Organização...