Conselho Nacional de Segurança Alimentar do Senegal e IBRAF assinam memorando de entendimento

O Conselho Nacional de Segurança Alimentar do Senegal (SECNSA, na sigla em francês) e o Instituto Brasil África (IBRAF) – que publica ATLANTICO, assinaram em Dakar um Memorando de Entendimento para o desenvolvimento de projetos e estreitamento de laços. O acordo foi assinado no dia 24 de janeiro por Jean Pierre Senghor, secretário executivo da SECNSA e pelo Prof. João Bosco Monte, presidente do IBRAF.

Com a assinatura, as duas instituições se comprometem a realizar ações conjuntas no âmbito da segurança alimentar, da capacitação para jovens e de ações de transferência de tecnologia.

João Bosco Monte, Jean Pierre Senghor e Fadel Ndiame

No encontro, que teve participação de Fadel Ndiame, diretor regional da Aliança para a Revolução Verde Africana para a África Ocidental (AGRA), a equipe da SECNSA pôde apresentar os projetos que vêm sendo aplicados para combater a insegurança alimentar no país. Um deles é o Nouveaux Terroirs Résilients (Novas Terras Resilientes), que busca criar alternativas de assistência externa às famílias em situação de vulnerabilidade.

Com o Memorando de Entendimento, o IBRAF se torna responsável por estruturar e coordenar o programa de treinamento, bem como buscar parcerias para torná-lo viável. Já a SECNSA fará a seleção dos participantes, além de orientação e monitoramento pós-capacitação dos jovens, garantido o sucesso dos empreendimentos.



Chico Carneiro, entre Amazônia e Moçambique, tudo vira filme

O cineasta brasileiro Chico Carneiro saiu do Brasil, mais precisamente da região amazônica, atravessou o oceano e foi parar em Moçambique, não apenas fazendo filmes, mas vivendo cinema.

Fórum Brasil África reunirá autoridades do governo brasileiro e de países africanos

O vice presidente brasileiro Hamilton Mourão, assim como diversas autoridades de governos africanos estarão presentes no Fórum Brasil África 2019. O fórum acontece nos dias 12 e 13 de novembro em São Paulo, e vai reunir também representantes do setor privado e da academia além de potenciais investidores. Em sua sétima edição, o tema do evento será “Segurança alimentar: caminho para o crescimento econômico”.

Brasil coopera com o Zimbábue para desenvolver cultura do algodão

O Brasil ocupa lugares de destaque tanto na produção como na exportação de algodão, atraindo diversos parceiros interessados em fortalecer o setor algodoeiro. O mais recente país a buscar o apoio do Brasil é o Zimbábue. Foi assinado um acordo entre os dois países para garantir capacitação e também a transferência de tecnologias brasileiras em algodão para o país africano.

Ipea discute oportunidade de negócios entre Brasil e África

O Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA) estará presente no Fórum Brasil África 2019 promovendo uma discussão sobre o potencial de negócios entre Brasil e os países africanos. Em um side event chamado “Desafios para o aprofundamento da cooperação entre o Brasil e os países africanos”, o instituto promoverá um debate com autoridades e representantes do setor econômico.

Rio de Janeiro terá exposição de Arte Iorubá

A Casa de Herança Oduduwa recebe a partir do mês de Agosto uma exposição de peças milenares da cultura iorubá. A mostra de arte...