Principal feira de agronegócios da Argélia, Sipsa-Filaha, chega à 19ª edição

A Sipsa-Filaha , Exposição Internacional de Agricultura, Pecuária e e Equipamentos Agropecuários da Argélia chega à 19ª este ano. Os organizadores esperam receber 23 mil visitantes entre os dias 7 a 10 de outubro no Centro de Exposições Safex, em Argel, capital do país. A expectativa dos organizadores é que participem 550 expositores de 39 países.

“Agricultura Inteligente para enfrentar o desafio da segurança alimentar” é o tema da edição e segue as diretrizes do programa agrícola nacional argelino. A temática é eixo da política nacional agropecuária da Argélia. Para tanto, a feira pretende identificar estratégias para aumentar de maneira sustentável a produtividade e o fortalecimento das safras locais.

A mostra apresentará produtos e serviços para fazendas e processadoras de alimentos. Haverá exposição de equipamentos para pecuária, soluções para genética, para melhoramento animal, criação de cabras, coelhos e ovelhas, irrigação, laticínios, armazenamento, colheitas, horticultura, além de veículos para o campo, peças de reposição, fertilizantes, estufas, sementes e mudas, entre outros.

Nos quatro dias de feira, além de exibição dos produtos e serviços,  haverá reuniões de negócios para promover o intercâmbio entre investidores e desenvolvedores de projetos, fóruns e palestras sobre assuntos agrícolas e pecuários locais. Além disso, estão previstos fóruns voltados para agroecologia, meio ambiente e desenvolvimento sustentável, para o setor de leite, para a pesca e para a área de frutas e legumes.

A Sipsa-Filaha é organizada pela empresa Exposia, subsidiária da Comexposium, da França, uma das empresas líderes mundiais em organização de eventos. A Exposia é uma empresa argelina e é a principal organizadora de eventos agrícolas no país dos últimos 15 anos, segundo informações da companhia. O evento também tem o patrocínio do Ministério da Agricultura, Desenvolvimento Rural e Pesca da Argélia e o apoio de outros ministérios do governo.

Com informacoes da Agência de Notícias Brasil-Árabe

Chico Carneiro, entre Amazônia e Moçambique, tudo vira filme

O cineasta brasileiro Chico Carneiro saiu do Brasil, mais precisamente da região amazônica, atravessou o oceano e foi parar em Moçambique, não apenas fazendo filmes, mas vivendo cinema.

Fórum Brasil África reunirá autoridades do governo brasileiro e de países africanos

O vice presidente brasileiro Hamilton Mourão, assim como diversas autoridades de governos africanos estarão presentes no Fórum Brasil África 2019. O fórum acontece nos dias 12 e 13 de novembro em São Paulo, e vai reunir também representantes do setor privado e da academia além de potenciais investidores. Em sua sétima edição, o tema do evento será “Segurança alimentar: caminho para o crescimento econômico”.

Brasil coopera com o Zimbábue para desenvolver cultura do algodão

O Brasil ocupa lugares de destaque tanto na produção como na exportação de algodão, atraindo diversos parceiros interessados em fortalecer o setor algodoeiro. O mais recente país a buscar o apoio do Brasil é o Zimbábue. Foi assinado um acordo entre os dois países para garantir capacitação e também a transferência de tecnologias brasileiras em algodão para o país africano.

Ipea discute oportunidade de negócios entre Brasil e África

O Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA) estará presente no Fórum Brasil África 2019 promovendo uma discussão sobre o potencial de negócios entre Brasil e os países africanos. Em um side event chamado “Desafios para o aprofundamento da cooperação entre o Brasil e os países africanos”, o instituto promoverá um debate com autoridades e representantes do setor econômico.

Rio de Janeiro terá exposição de Arte Iorubá

A Casa de Herança Oduduwa recebe a partir do mês de Agosto uma exposição de peças milenares da cultura iorubá. A mostra de arte...