Projeto de cooperação técnica com o Brasil desenvolve pecuária do Zimbábue

Uma cerimônia no Ministério de Terras, Agricultura e Reassentamento Rural do Zimbábue marcou a assinatura do “Projeto de Fortalecimento da Pecuária de Corte no Zimbábue”. A inciativa de cooperação técnica foi assinada pela embaixadora brasileira no país, Ana Maria Morales e pelo Secretário do Ministério, R. J. Chitsiko.

“A cooperação brasileira é centrada na parceria”

O evento, realizado no início deste mês, contou com a presença de uma delegação brasileira que já se encontrava no país, formada por especialistas da Universidade Federal de Viçosa (UFV) e por representantes da Agência Brasileira de Cooperação (ABC), responsável por coordenar e financiar os projetos de cooperação técnica implementados pelo Brasil em países parceiros.

“Reforçamos o comprometimento brasileiro com os trabalhos a serem desenvolvidos para a implementação do projeto”, garantiu a analista de projetos da ABC, Melissa Popoff Scheidemantel, que coordenou a missão ao país africano.

“A cooperação brasileira é centrada na parceria, a partir de demandas recebidas dos países interessados, e tem o propósito de transmitir experiências bem sucedidas”, disse a embaixadora Ana Maria Morales.

Ela lembrou, ainda, a experiência que teve como encarregada da Embaixada brasileira em Harare, nos anos 1990, período no qual a carne bovina zimbabuense detinha excelente reputação em todo o continente africano. Para ela, a assinatura deste projeto representa uma oportunidade, por meio da pecuária, de recuperar a economia nacional do Zimbábue.

Chico Carneiro, entre Amazônia e Moçambique, tudo vira filme

O cineasta brasileiro Chico Carneiro saiu do Brasil, mais precisamente da região amazônica, atravessou o oceano e foi parar em Moçambique, não apenas fazendo filmes, mas vivendo cinema.

Fórum Brasil África reunirá autoridades do governo brasileiro e de países africanos

O vice presidente brasileiro Hamilton Mourão, assim como diversas autoridades de governos africanos estarão presentes no Fórum Brasil África 2019. O fórum acontece nos dias 12 e 13 de novembro em São Paulo, e vai reunir também representantes do setor privado e da academia além de potenciais investidores. Em sua sétima edição, o tema do evento será “Segurança alimentar: caminho para o crescimento econômico”.

Brasil coopera com o Zimbábue para desenvolver cultura do algodão

O Brasil ocupa lugares de destaque tanto na produção como na exportação de algodão, atraindo diversos parceiros interessados em fortalecer o setor algodoeiro. O mais recente país a buscar o apoio do Brasil é o Zimbábue. Foi assinado um acordo entre os dois países para garantir capacitação e também a transferência de tecnologias brasileiras em algodão para o país africano.

Ipea discute oportunidade de negócios entre Brasil e África

O Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA) estará presente no Fórum Brasil África 2019 promovendo uma discussão sobre o potencial de negócios entre Brasil e os países africanos. Em um side event chamado “Desafios para o aprofundamento da cooperação entre o Brasil e os países africanos”, o instituto promoverá um debate com autoridades e representantes do setor econômico.

O futuro das relações entre Brasil e África é promissor, segundo Hamilton Mourão

"As relações com a África são e serão prioritárias para o Brasil e o para os brasileiros", declarou o vice-presidente do Brasil, Hamilton Mourão, durante a cerimônia de abertura do Fórum Brasil África 2019.