Home Notas

Notas

Projetos da Guiné-Bissau e Brasil recebem prêmio da ONU para meio ambiente

Programas para o meio ambiente densenvolvidos por comunidades nativas em Guiné-Bissau e Brasil receberam um prêmio da ONU. Os projetos ganharam destaques ao envolver a população local e povos indígenas, e receberam o Prémio Equador, que distingue soluções inovadoras para enfrentar os desafios da mudança climática. O prêmio foi entrega à Associação Indígena Kisêdjê, ao Conselho Indígena de Roraima, do Brasil, e ao conselho de gestão da Área Marinha Protegida Comunitária (AMPC) Urok, da Guiné-Bissau.

Startups africanas podem participar de programa de acelercão do Facebook

Startups africanas poderão participar pela primeira vez do programa Facebook Connectivity, que apoia empresas que estão criando soluções inovadoras para oferecer serviços de Internet e conectividade mais rápidos, baratos e melhores para as pessoas em toda a África.

Cai exportação de máquinas e equipamentos no Brasil

As exportações brasileiras de bens de capital mecânicos somaram US$ 824,26 milhões em agosto, uma redução de 2,6% sobre julho e de 15,7% em relação a agosto do ano passado. No acumulado do ano, as vendas externas renderam US$ 6,1 bilhões, um recuo de 5,1% em comparação com o período de janeiro a agosto de 2018, de acordo com dados divulgados pela Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq).

Companhia agrícola árabe quer investir na produção brasileira no Norte da África

A Autoridade Árabe para Investimento e Desenvolvimento Agrícola (AAAID) quer investir na produção de frango no Sudão. Para tanto, ela procura parceiros brasileiros para o negócio. “O Sudão tem clima adequado, parecido com o Brasil, e a cultura do consumidor mudou, produzir no local facilita o consumo”, revela o presidente da empresa e do conselho da companhia, Mohammed Obaid Almazrooei. Ele também revelou que chegou a prospectar uma parceira com empresas brasieliras há três anos, mas ainda não obteve sucesso.

África têm o segundo maior crescimento de turismo no mundo

O segmento de viagens e turismo contribuiu com 8,5% para o PIB africano em 2018, o equivalente a US $ 194,2...

Empoderamento feminino para superação da pobreza é foco de projeto na Nigéria

106.000 mulheres devem ser beneficiadas em quatro estados do norte da Nigéria por um programa de empoderamento feminino realizado pela ONG Aliko Dangote Foundation (ADF) e pelo o governo nigeriano. Até o final de 2019, cerca de N1,1 bilhões (Cerca de 2,8 bi de dólares) serão investidos no programa, que oferece ajuda financeira e programas de capacitação para mulheres em regiões carentes.

Redes de Hotéis apostam no mercado africano

O mercado de turismo está crescendo na África, e com isso, diversas redes de hotéis investem no continente. Durante o Fórum de Investimentos em Hotéis na África, que acontece essa semana na Etiópia, empresas vêm discutindo a expansão do mercado e firmando acordos.

Marrocos irá sediar Assembléia Geral da Organização Mundial do Turismo em 2021

O Marrocos foi oficialmente escolhido como anfitrião da 24ª Sessão da Organização Mundial de Turismo (OMT), que acontecerá em 2021. O resultado foi divulgado durante o encerramento da assembléia deste ano em São Petersburgo. Quênia e Filipinas estavam entre seus concorrentes. O vencedor foi escolhido através de uma votação pelos Estados-Membros da agência especializada de turismo da ONU.

Banco Africano de Desenvolvimento aprova doação para energia limpa na Nigéria

O Fundo de Acesso à Energia da Nigéria (NEAF) recebeu uma importante contribuição para oferecer mais energia elétrica aos nigerianos: uma doação de US $ 500.000 do Banco Africano de Desenvolvimento. O apoio do banco ao NEAF está alinhado com o “Novo Acordo de Energia para África”, uma iniciativa do Banco em parcerias com governos e o empresas privadas para desenvolver uma plataforma de financiamento no setor de energia africano. A inciativa do BAD pretende garantir o acesso universal à energia na África até 2025.