Brazil Africa Forum

IBRAF se aproxima da Fundación Puertos de Las Palmas

O presidente do Instituto Brasil África, João Bosco Monte, esteve na Fundación Puertos de Las Palmas, nas Ilhas Canárias, na Espanha, onde se encontrou com autoridades locais para reuniões estratégicas sobre as oportunidades de negócios para empresas brasileiras, africanas e canárias. O Porto de Las Palmas é considerado como um dos mais estratégicos em questões de logística para o mercado africano.

“Fiquei feliz em ter a oportunidade de conhecer mais sobre o Porto de Las Palmas. Vi sua estrutura e a relevância com que tratam um mercado em ascensão como o africano. Os projetos que desenvolvem são sinérgicos aos do IBRAF, então pode ser uma aproximação frutífera em âmbito de negócios internacionais”, explica João Bosco Monte.

No local, o presidente do IBRAF pode participar de encontros com os principais representantes do Porto e conhecer serviços que podem ser oferecidos para empresas brasileiras com interesse de ampliar relações comerciais com o mercado africano utilizando a estrutura como um hub.

Na ocasião, os representantes da Fundación Puertos de Las Palmas também confirmaram participação no Fórum Brasil África 2019, que acontece entre os dias  12 e 13 de novembro em São Paulo, e tem a segurança alimentar como tema principal, sendo o dos principais eventos internacionais entre o Brasil e o continente africano. 

Estamos felizes com a participação no Fórum deste ano. Considerando que o Porto está localizado em um ponto estratégico para Brasil, África e Europa, as conversas no evento podem servir de base para o estabelecimento de bem-sucedidas parcerias”, diz Luis Ibarra Betancort, presidente da Autoridad Portuaria de Las Palmas.

Estavam presentes no encontro, Luis Ibarra Betancort (presidente da Autoridad Portuaria de Las Palmas – APLP), Sergio Galván Montesdeoca (gerente da Fundación Puertos de Las Palmas), Juan Francisco Martín Naranjo (diretor comercial da APLP), Pedro Monzón (diretor da divisão de promoção da Sociedad Canaria de Fomento Económico – PROEXCA), Alexandre Bolson (assessor sobre mercado brasileiro para a APLP), José Juan Ramos (presidente da Federação das Empresas do Porto de Las Palmas – FEDEPORT), Jaime Cabrera (Associação de Agentes de Navios e Estivadores na Província de Las Palmas – ASOCELPA), José Mayor (presidente da ONEPORT) e Carlos Díaz (presidente da Associação de Provisionistas de Navios do Porto de Las Palmas).

Fórum Brasil África reunirá autoridades do governo brasileiro e de países africanos

O vice presidente brasileiro Hamilton Mourão, assim como diversas autoridades de governos africanos estarão presentes no Fórum Brasil África 2019. O fórum acontece nos dias 12 e 13 de novembro em São Paulo, e vai reunir também representantes do setor privado e da academia além de potenciais investidores. Em sua sétima edição, o tema do evento será “Segurança alimentar: caminho para o crescimento econômico”.

Ipea discute oportunidade de negócios entre Brasil e África

O Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA) estará presente no Fórum Brasil África 2019 promovendo uma discussão sobre o potencial de negócios entre Brasil e os países africanos. Em um side event chamado “Desafios para o aprofundamento da cooperação entre o Brasil e os países africanos”, o instituto promoverá um debate com autoridades e representantes do setor econômico.

O futuro das relações entre Brasil e África é promissor, segundo Hamilton Mourão

"As relações com a África são e serão prioritárias para o Brasil e o para os brasileiros", declarou o vice-presidente do Brasil, Hamilton Mourão, durante a cerimônia de abertura do Fórum Brasil África 2019.

Centro de Excelência da ONU participa de convocação global contra a fome na Etiópa

O diretor adjunto do Centro de Excelência contra a Fome do Programa Mundial de Alimentos das...

Morre o pesquisador Fernando Arenas, referência em estudos culturais sobre África Lusófona

Oito anos depois de ser publicado nos Estados Unidos, o livro "África Lusófona – Além da Independência" recebe uma edição traduzida para o português. A obra foi escrita pelo prof