Brazil Africa Forum

Nelson Mandela em 18 frases marcantes

18 de julho é o dia mundial de Nelson Mandela. Se estivesse vivo, o ex-presidente da África do Sul e ícone da luta contra o apartheid completaria 101 anos. O dia, instituído pelas Organização das Nações Unidas é usado para celebrar e homenagear a vida e o legado de Mandela.

Para celebrar a data, relembre algumas citações marcantes de Nelson Mandela. As citações escolhidas aqui foram exibidas na exposição “Mandela: de Prisioneiro a Presidente”, organizada pelo Museu do Apartheid e promovida no Brasil pelo Instituto Brasil África.


“Sempre parece impossível até que seja feito.”


“A educação é a arma mais poderosa que você pode usar para mudar o mundo.”

“Você não encontrará nenhuma paixão se se conforma com uma vida que é inferior àquela que é capaz de viver.”


“Eu aprendi que a coragem não é a ausência de medo, mas o triunfo sobre ele. O homem corajoso não é aquele que não sente medo, mas aquele que conquista por cima do medo.”


“Se você falar com um homem numa linguagem que ele compreende, isso entra na cabeça dele. Se você falar com ele em sua própria liguagem, você atinge seu coração.”

“Ser pela liberdade não é apenas tirar as correntes de alguém, mas viver de forma que respeite e melhore a liberdade dos outros.”

“A maior glória em viver não está em nunca cair, mas em levantar cada vez que caímos.”

“Uma boa mente e um bom coração são sempre uma combinação formidável. Mas quando você adiciona a isso um idioma bem falado ou uma caneta, então você tem uma coisa realmente especial.”

“Depois de escalar uma grande montanha se descobre que existem muitas outras montanhas para escalar.”

“Se eles podem aprender a odiar, eles podem ser ensinados a amar, porque o amor ocorre mais naturalmente ao coração humano do que o seu oposto.”

“A bondade humana é uma chama que pode ser oculta, jamais extinta”.

“Você alcançará mais nesse mundo por meio de atos de compaixão do que por atos de retaliação.”


“A honra pertence àqueles que nunca desistem da verdade, mesmo quando as coisas parecem sombrias e austeras.”


“Diz-se que ninguém conhece verdadeiramente uma nação até que tenha estado dentro de suas cadeias.”

“Sonho com o dia em que todos levantar-se-ão e compreenderão que foram feitos para viverem como irmãos.”

“Eu odeio o racismo, pois o considero uma coisa selvagem, venha ele de um negro ou de um branco.”

“Deixe a liberdade reinar. O sol nunca brilha tão glorioso como diante de uma conquista humana.”

“Eu não sou um santo, a menos que você pense que um santo seja um pecador que permanece tentando”.

Fórum Brasil África reunirá autoridades do governo brasileiro e de países africanos

O vice presidente brasileiro Hamilton Mourão, assim como diversas autoridades de governos africanos estarão presentes no Fórum Brasil África 2019. O fórum acontece nos dias 12 e 13 de novembro em São Paulo, e vai reunir também representantes do setor privado e da academia além de potenciais investidores. Em sua sétima edição, o tema do evento será “Segurança alimentar: caminho para o crescimento econômico”.

Ipea discute oportunidade de negócios entre Brasil e África

O Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA) estará presente no Fórum Brasil África 2019 promovendo uma discussão sobre o potencial de negócios entre Brasil e os países africanos. Em um side event chamado “Desafios para o aprofundamento da cooperação entre o Brasil e os países africanos”, o instituto promoverá um debate com autoridades e representantes do setor econômico.

O futuro das relações entre Brasil e África é promissor, segundo Hamilton Mourão

"As relações com a África são e serão prioritárias para o Brasil e o para os brasileiros", declarou o vice-presidente do Brasil, Hamilton Mourão, durante a cerimônia de abertura do Fórum Brasil África 2019.

Centro de Excelência da ONU participa de convocação global contra a fome na Etiópa

O diretor adjunto do Centro de Excelência contra a Fome do Programa Mundial de Alimentos das...

Morre o pesquisador Fernando Arenas, referência em estudos culturais sobre África Lusófona

Oito anos depois de ser publicado nos Estados Unidos, o livro "África Lusófona – Além da Independência" recebe uma edição traduzida para o português. A obra foi escrita pelo prof